Crase – A direção

Aliás, antes de terminar este post, me lembrei de um caso relacionado. Eu sempre me admiro com as grandes faixas dos supermercados Zaffari e Bourbon em Porto Alegre escritas impecavelmente (algo mais ou menos assim): “De segunda a sábado, das 8h às 23h”. Inclusive com a abreviação certa de “horas” (apenas o h). No site também está assim. Meus parabéns a eles. Em compensação, na única vez que fui no Carrefour, encontrei cartazes dignos de risadas, mal e mal dava pra entender o que eles queriam dizer, de tão ruim que estava o português… Acho que estavam querendo baixar tanto os preços que cortaram custos até nos cuidados com a escrita…

Visions of hope

Por que será que é tão difícil ensinar nem que seja a regra básica da crase? É complicado ver numa universidade (e nas placas nas ruas, e nos panfletos, e nos sites da internet, e por aí vai…) erros como uma mensagem afixada na parede terminando com “À direção”. Se o objetivo fosse escrever algo destinado à direção, destinado ao diretor,aí sim seria com crase. Mas no caso do cartaz na parede que eu vi deveria ser sem, porque a direção é a autora da mensagem, não a destinatária!

Se for ver, existe uma regra supersimples pra entender a crase: À é o feminino de AO, e ÀS é o feminino de AOS (e “ás” é o nome daquela carta de baralho 😀 ). Só isso. Só com isso dá pra deduzir um monte de casos… é só pensar. Volta e meia eu vejo uma placa que…

View original post 204 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s